2 de dezembro de 2016

O Aprendizado das 12 Leis Universais:




As Leis Universais estão interligadas e são fundadas no entendimento de que tudo no universo é energia, inclusive nós, e que a energia se move de forma circular. No nível microscópico, somos uma massa rodopiante de elétrons e átomos energéticos girando rapidamente. Na verdade, tudo no mundo é composto de energia estamos intimamente ligados com este mar de energia, este mar de elétrons girando.


Nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações são todas as formas de energia. O que pensamos, sentimos, dizemos e fazemos em cada momento vem de volta para nós para criar nossas realidades. A Energia se move em um círculo, então o que vai, volta. A combinação dos pensamentos, sentimentos, palavras e ações de todos no planeta cria a nossa consciência coletiva, cria o mundo que vemos diante de nós.


A boa notícia é, porque os nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações criam o mundo em torno de nós, temos o poder de criar um mundo de paz, harmonia e abundância. A fim de fazer isso, é essencial que aprendamos a controlar nossos pensamentos e emoções. Entender as Leis Universais nos ajudar a fazer isso.



1. A Lei da Unidade Divina:
A Lei da Unidade Divina ajuda-nos a entender que vivemos em um mundo onde tudo está ligado a todo o resto. Tudo o que fazemos, dizemos, pensamos e acreditamos afeta os outros e com o universo que nos rodeia.


2. A Lei da vibração:
Esta Lei Universal afirma que tudo no Universo, vibra, e viaja em padrões circulares. Os mesmos princípios de vibração no mundo físico se aplicam aos nossos pensamentos, sentimentos, desejos e vontades do mundo Etérico. Cada som, coisa, e até mesmo pensamento tem sua própria freqüência vibracional, única em si mesma.

3. A lei da ação:
A Lei de Ação deve ser aplicado para que possamos manifestar coisas na terra. Portanto, devemos nos engajar em ações que apóiam os nossos pensamentos, sonhos, emoções e palavras.

4. A Lei de Correspondência:
Esta  lei  universal estabelece que os princípios ou leis da física que explicam o mundo físico – energia, luz, vibrações e movimento – têm seus princípios correspondentes no etérico ou universo. “Como em cima, assim é embaixo”.

5. A Lei de Causa e Efeito:
Esta  lei  universal  estabelece que nada acontece por acaso ou fora das leis universais. Toda ação tem uma reação ou consequência e “colhemos o que semeamos”.

6. A Lei da Compensação:
Esta Lei Universal é a Lei de Causa e Efeito aplicado a bênçãos e abundância que são fornecidos por nós. Os efeitos visíveis de nossas ações nos são dadas em presentes, dinheiro, heranças, amizades, e bênçãos.

7. A Lei da Atração:
Esta Lei Universal demonstra como criamos as coisas, eventos e pessoas que entram em nossas vidas. Nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações produzem energias que, por sua vez, atraem energias semelhantes. Energias negativas atraem energias negativas e energias positivas atraem energias positivas.

8 A Lei da Transmutação perpétua de energia:
Esta Lei Universal afirma que todas as pessoas têm dentro de si o poder de mudar as condições de suas vidas. Vibrações superiores consumem e transformam as inferiores, assim, cada um de nós pode mudar as energias em nossas vidas através da compreensão das Leis Universais e aplicar os princípios de tal forma a efetuar a mudança.

. 9 A Lei da Relatividade:
Esta  lei  universal  afirma que cada pessoa receberá uma série de problemas (Testes de Iniciação) com a finalidade de fortalecer a Luz dentro de si. Devemos considerar cada um destes testes como um desafio e permanecermos conectados aos nossos corações quando for  resolver os problemas. Esta lei também nos ensina a comparar nossos problemas com os problemas dos outros e colocar tudo em sua devida perspectiva. Não importa o quão ruim percebemos nossa situação de ser, há sempre alguém que está em uma posição pior. Tudo é relativo.

10. Lei da Polaridade:
Esta  lei  universal  indica que tudo está em um contínuo e tem um oposto. Podemos suprimir e transformar pensamentos indesejáveis, concentrando-se no pólo oposto. É a lei das vibrações mentais.

. 11 A Lei do Ritmo:
Esta Lei Universal afirma que tudo vibra e se move em certos ritmos. Estes ritmos estabelecem estações, ciclos, fases de desenvolvimento e padrões. Cada ciclo reflete a regularidade do universo de Deus. Saiba  superar partes negativas de um ciclo não permitindo que as coisas negativas possam penetrar sua consciência.

12. Lei do Gênero:
Esta Lei Universal indica que tudo tem seu masculino (yang) e femininos (yin) princípios, e que estes são a base de toda a criação. O espiritual Iniciado deve equilibrar as energias masculinas e femininas dentro de si mesmo ou a si mesmo para se tornar um Mestre e um verdadeiro co-criador com Deus.

19 de outubro de 2016

Conheça os 7 Ritos Maçônicos mais Praticados no Brasil:



Simbologia Maçonica:

A Letra G: apresenta diversos  significados, é a sétima letra no alfabeto e o 7 é considerado o número da perfeição, como em vários exemplos se destaca o que Deus fez o mundo em 7 dias, o 7 sempre é citado como o número divino.

Esquadro: Significa a retidão, limitada por duas linhas: uma horizontal que representa a trajetória a percorrer na Terra, ou seja, o determinismo, o destino; e a outra vertical, o caminho para cima, dirigindo-se ao cosmo, ao universo, ao infinito, a Deus.

Compasso: Traça círculos e abrindo e fechando, delimita espaços. Representa o senso da medida das coisas. Significa a medida das coisas





Ritos Maçônicos no Brasil

Conheça um pouco dos 07 Ritos Maçônicos praticados pelas Obediências Maçônicas regulares brasileiras:





RITO ADONHIRAMITA: 

Rito de origem francesa, foi substituído na França pelo Rito Moderno EM 1785, mas continuou sendo praticado no Brasil, onde foi o primeiro Rito a ser adotado. O Rito Adonhiramita é considerado irregular por boa parte da comunidade maçônica internacional pelo fato de modificar a Lenda do Grau 03, o que fere um dos principais Landmarks maçônicos (3º Landmark de Mackey, por exemplo) que considera a lenda do Grau 03 imutável.


Se não fosse pelo fato do Rito ter sido descontinuado na França, quando da adoção do Rito Moderno, o Adonhiramita seria o mais antigo ainda em prática no mundo. Porém, ele se viu encerrado em 1.773, e só foi reativado, já no Brasil, em 16/01/1838, sofrendo então grande influência do Rito Moderno, e trabalhando apenas nos Graus Simbólicos. Os Graus Superiores desse Rito só entraram oficialmente em atividade em 02/06/1973, quando da fundação de seu Supremo Conselho, aqui no Brasil, único no mundo. O Rito Adonhiramita somente é praticado no Brasil e, mais recentemente, por algumas poucas Lojas em Portugal.




RITO BRASILEIRO

Sonho antigo do Grande Oriente do Brasil, o Rito Brasileiro somente tornou-se realidade em 1914, pelas mãos do então Grão-Mestre do GOB, Lauro Sodré. Sobreviveu até meados de 1940, quando entrou em desuso. Somente em 13/03/1968, no auge da Ditadura Militar e de sua propaganda nacionalista, o Rito foi reativado e permanece ativo até hoje.  Considerado uma cópia abrasileirada do Rito Escocês, ele também trabalha com sistema de 33 graus, sendo os 03 simbólicos e 30 graus superiores, além de também adotar a cor púrpura do REAA. O Rito Brasileiro só é praticado no Brasil.






RITUAL DE EMULAÇÃO & SISTEMA INGLÊS MODERNO

O Ritual de Emulação só trabalha nos 03 graus simbólicos. O Emulação é um dos vários rituais praticados por Lojas da GLUI, sendo o mais popular deles. Há outros como: Bristol, Stability, Oxford, Taylor’s, Humber, Logic, West End. Todos são similares entre si, visto que a GLUI apenas determina que se observem os antigos costumes por ela adotados.


O GOB adotou o Emulação para reforçar seu tratado de amizade e mútuo reconhecimento com a GLUI. Porém, quando da tradução para o português, o Ritual ficou erroneamente conhecido como “de York”. Podemos chamar de “Sistema Inglês Moderno” os corpos ingleses de aperfeiçoamento, que possuem origens diferentes e trabalham de forma totalmente independente dos Rituais Simbólicos lá praticados. Entre eles, podemos citar: Mestre de Marca e Santo Arco Real, Nauta, Templários e Malta.





RITO ESCOCÊS ANTIGO E ACEITO

O Rito Escocês Antigo e Aceito é o mais praticado no Brasil e na maioria dos países da América Latina nos graus simbólicos, e é o Rito mais praticado no mundo nos Graus Superiores. Apesar de muitos autores e Irmãos declararem que o Rito teve origem na França, isso é algo discutível. 


O Rito foi realmente consolidado na França, mas sua origem pode se dizer escocesa, visto que teve origem quando Carlos I, rei da Inglaterra e de origem escocesa, exilou-se com sua família e famílias nobres mais próximas (também de origem escocesa) na França. Desse nicho originou-se na França o Rito de Heredom, composto de 25 graus. Mas apenas nos EUA o Rito passou a ter 33 graus e a ser chamado de Rito Escocês Antigo e Aceito.


Digamos então que é um rito criado nos EUA sobre uma base francesa com raízes escocesas.
Os 33 graus do Rito Escocês são concedidos em Loja Simbólica, Loja de Perfeição, Capítulo Rosa Cruz, Conselho Kadosh e Consistório. A data-marca do REAA é 31/05/1801: fundação do 1º Supremo.






RITO FRANCÊS OU MODERNO


Apesar de declarar ter sido criado em 09/03/1773, o que o tornaria o Rito mais antigo ainda praticado no mundo, o Rito Moderno foi totalmente reformulado e reescrito, e somente tomou a forma com que é praticado atualmente quando da chamada “Reformulação”, ocorrida em 1877, quando se suprimiu a crença em um Grande Arquiteto do Universo e na Imortalidade da Alma de toda simbologia, filosofia e frases do Rito. 

O nome foi mantido, mas a Reformulação praticamente criou um novo Rito, diferente do seu original. Essa atitude em relação ao GADU, ao Livro da Lei e à Imortalidade da Alma promovida na ritualística e leis do Grande Oriente de França foi interpretada pela GLUI como um desrespeito aos antigos Landmarks, ocasionando no rompimento das relações entre a GLUI e o GOdF, rompimento este que dura até os dias de hoje.





RITO SCHRODER

O Rito Schroder é um rito de origem alemã e surgiu no Brasil através da colonização alemã no sul do país. O Rito surgiu na Alemanha para substituir o Rito da “Estrita Observância” que possuía forte influência da cavalaria templária, distanciando-se assim do simbolismo da maçonaria operativa, o que, com o tempo, gerou grande descontentamento dos líderes e estudiosos maçônicos.
Foi então que o Irmão Schroder começou a escrever o Rito que acabou ficando conhecido pelo seu nome. 


O novo Rito foi aprovado por unanimidade na assembléia dos Veneráveis Mestres de Hamburgo no dia 29/06/1801, sendo, portanto, apenas poucos dias mais velho do que o REAA. O Rito trabalha apenas nos três graus simbólicos, e busca se desvencilhar de influências de outras doutrinas, filosofias, ordens e símbolos que não sejam oriundos da Maçonaria Operativa.





RITO DE YORK

O Rito de York é algumas vezes chamado de Rito Americano, ou mesmo de Rito Inglês Antigo. Além dos 03 graus simbólicos, ele possui mais 10 Graus, divididos nos organismos: Capítulo do Real Arco (Mestre de Marca, Past Master, Mui Excelente Mestre e Maçom do Real Arco); Conselho Críptico (Mestre Real, Mestre Escolhido e Super Excelente Mestre); Comandaria Templária (Ordem da Cruz Vermelha, Ordem da Cruz de Malta, Ordem dos Cavaleiros Templários).


O Rito de York é o rito mais antigo praticado no mundo, tendo como data-marca 24/10/1797.Também é o Rito com mais membros praticantes no mundo: mais de 60% dos maçons no mundo adotam o “Monitor de Webb”, como são conhecidos os graus simbólicos do Rito de York, em homenagem ao seu autor. Já suas Comandarias Templárias são tidas como os únicos Corpos Maçônicos fardados da atualidade.  Alguns irmãos brasileiros confundem o Rito de York com o Sistema Inglês Moderno, o qual possui alguns graus similares. Porém, o Sistema Inglês é bastante diferente, não possuindo um formato de escada como ocorre no Rito de York, Escocês e vários outros ritos.






TFA/PP

Ir.´. Daniel Martina Frc
Fundador do Filhos do Arquiteto Brasil 
Ilustração e Complementação da Pesquisa



Fonte Primária: 
.

15 de outubro de 2016

SUPER LUA CHEIA 16 de Outubro - A Conexão do Ser Humano com a Energia Quântica:



Este mês, uma rara super Lua Cheia se elevará nos céus, na noite de domingo, 16 de outubro, inaugurando uma mudança cósmica energética que acabará afetando a todos no planeta. Vocês podem utilizar essa mudança de vibração em seu benefício e produzir alguma alteração positiva em sua vida. Mas, primeiramente, eis o que uma super Lua significa em termos científicos.

A super Lua ocorre quando sua órbita a traz para um ponto que é o mais próximo da Terra, e isso também coincide com uma Lua Nova ou uma Lua Cheia. Devido ao fato de que essa super Lua de outubro acontece de ser uma Lua Cheia, que ocorre quando atinge a sua maior aproximação da Terra durante todo o mês, vai aparecer super dimensionada e muito maior do que o seu tamanho habitual. De acordo com a NASA, quando a Lua está tão perto de nós, “sua proximidade iminente faz com que a Lua pareça 14% maior e 30% mais brilhante no céu do que em um apogeu   da Luz Cheia”. (ocorre o apogeu quando a Lua está mais distante da Terra em sua órbita).


Em termos astrológicos, a super Lua de outubro ocorrerá quando a Lua está em Áries. Isso produz uma espécie de energia muito ativa, empolgante e extrovertida. Como tal, todas as vibrações ígneas e aventureiras associadas a Áries serão trazidas para a linha de frente e isso cria uma explosão de energia animada. Se vocês aproveitarem a super Lua e acolhê-la sob uma luz positiva, então, boas mudanças surgirão em seu caminho.

Áries é conhecido por muitas qualidades e características fortes, ao entrar em conexão com elas e aproveitar o seu poder, vocês podem tirar o máximo da mudança da super Lua! Abaixo está uma visão geral de todas as coisas básicas e melhores que essa Lua Cheia em Áries tem para oferecer:

É o momento para curar-se – se as suas feridas são físicas, mentais, conscientes ou inconscientes, agora é o momento de concentrar-se em curá-las. Quando vocês se concentram e fazem tudo o que podem para ficar melhores e mais fortes, vocês conseguem libertar-se de toda dor e sofrimento que os estejam exaurindo.




É uma oportunidade para seguir em frente e para cima em nossas vidas. Muitos de nós vão se deparar com novas e emocionantes oportunidades, que não eram mesmo possível, e muito menos estavam à nossa disposição, antes da mudança. Agora que Mercúrio saiu do movimento retrógrado por pouco menos de um mês, tudo deve voltar ao seu lugar normal, por enquanto. Se houver algo que ainda esteja fora de sintonia, corrijam-no o mais rápido possível de modo que possam continuar avançando sem que nada os impeça.

É o momento perfeito para agir. Com a Lua em Áries, as características físicas e agressivas do signo serão extremamente valiosas para se fazer as coisas. Precisam seguir com um projeto ou finalizar algo que vocês estejam adiando ou procrastinando para nunca, aparentemente? Mexam-se e realizem-no, vocês terão a energia e a motivação para fazer tudo agora!

Libertem-se das pessoas tóxicas em sua vida. Os relacionamentos que os estão fazendo sofrer ou retendo-os precisam ser reavaliados. Se vocês acharem que alguém não é digno do tempo, esforço e estresse, cortem os cordões e se distanciem deles. Parem de permitir que as pessoas os espezinhem, e em vez de seguir maus exemplos, sejam líderes e estabeleçam os bons!


Estejam conscientes e atentos ao seu ego. Não deixem que a sensação de importância própria ou merecimento levem vantagem sobre vocês. Áries pode ser muito arrogante e é crucial que vocês não sejam capturados pelo ego. Em vez disso, permaneçam ancorados e tudo fluirá suavemente.

De modo geral. A mudança na energia que acompanha a super Lua de outubro será predominantemente positiva. Se relaxarem e seguirem com o fluxo, vocês podem se conectar melhor com essa energia e ela o levará a que grandes coisas aconteçam em sua vida, portanto, preparem-se para dar-lhe boas-vindas!




Fonte primária: www.sun-gazing.com
Fonte secundária: Adavai Blo


Blog Feminino Quântico: http://www.femininoquantico.com.br/2016/10/preparem-se-para-uma-imensa-mudanca-em.htm


TFA/PP
Ir Daniel Martina - Ilustração e Pesquisa.
Fundador do Filhos do Arquiteto Brasil - Visitem nosso Portal: www.filhosdoarquiteto.com

31 de agosto de 2016

OLIMPÍADAS E PARALIMPÍADAS – EU SÓ QUERO É SER FELIZ



O espetáculo foi extraordinariamente emocionante e com vibrações positivas para o povo brasileiro, levando ao mundo a imagem sofisticada tecnicamente de uma abertura fantasiosa, iluminada. Quanto ao momento das Olimpíadas no Rio de Janeiro, com alguns pequenos deslizes, foi engrandecedor, reunindo 10.500 atletas das mais diversas modalidades de aproximadamente 200 países.


É evidente que o antes das Olimpíadas foi de atletas sacrificados, pobres, sem material para treinamento, com exceção dos esportes que rendem mais para a mídia. E o que será o depois? Para quem irão os apartamentos da Vila Olímpica e a que destino será dado ao Parque Olímpico? Deveria ser um início da necessidade de um apoio para uma boa performance em Tóquio.


Quero aqui deixar meus cumprimentos, em especial, aos atletas que não chegaram a medalhas e aos outros que lutaram e conseguiram, pois são eles que realizam seus sonhos e nossos também. Em homenagem a eles, registro o “Rap da Felicidade”, de Cidinho e Doka, emocionante música da abertura, interpretada pela cantora Ludmila e posteriormente adaptada no programa “Fantástico”, da Rede Globo, em homenagem à fenomenal Rafaela Silva.



“Eu só quero é ser feliz, andar tranqüilamente na favela onde eu nasci. É... E poder me orgulhar, e ter a consciência que o pobre tem seu lugar. 
.


Minha cara autoridade eu já não sei o que fazer com tanta violência eu sinto medo de viver, pois moro na favela e sou muito desrespeitado, a tristeza e alegria que caminham lado a lado, Eu faço uma oração para uma santa protetora, mas sou interrompido a tiros de metralhadora, enquanto os ricos moram numa casa grande e bela, o pobre é humilhado, esculachado na favela. Já não aguento mais essa onda de violência, só peço autoridades um pouco mais de competência.


Eu só quero é ser feliz, andar tranquilamente na favela onde eu nasci. É... E poder me orgulhar, e ter a consciência que o pobre tem seu lugar.
.

Diversão hoje em dia não podemos nem pensar, pois até lá nos bailes eles vem nós humilhar. Ficar lá na praça que era tudo tão normal, agora virou moda a violência no local pessoas inocentes que não tem nada haver, estão perdendo hoje o seu direito de viver, nunca vi cartão postal que se destaque uma favela, só vejo paisagem muito linda e muito bela. 


Quem vai pro exterior da favela sente saudade, o gringo vem aqui e não conhece a realidade, vai pra zona sul pra conhecer água de cocô, e o pobre na favela vive passando sufoco. Trocaram a presidência uma nova esperança, sofri na tempestade agora eu quero a bonança, povo tem a força, precisa descobrir, se eles lá não fazem nada, faremos tudo daqui.


Eu só quero é ser feliz, andar tranquilamente na favela onde eu nasci. É... E poder me orgulhar, e ter a consciência que o pobre tem seu lugar”.


Para o Japão em 2020, cinco novas modalidades foram acrescidas. Beisebol, surf, caratê, skate e escalada. Se voltarmos ao início das Olimpíadas encontraremos por volta de 2.500 a.C., os gregos criando os jogos olímpicos, fazendo homenagens aos deuses, com realização de competições. Porem, foi somente em 776 a.C., que ocorreram pela primeira vez os jogos olímpicos de forma organizada, com atletas de cidades-estados, que se reuniam na cidade de Olímpia para disputas que incluíam corrida de cavalo. Os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades e ganhavam uma coroa de louros.





Quando os romanos invadiram e dominaram a Grécia, muitas tradições gregas, entre elas as olimpíadas, foram deixadas de lado. No ano de 1896, os jogos são retornados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido como Barão de Coubertin, participando 285 atletas de 13 países. Assim, desde sua primeira edição na Era Moderna, até o Rio de Janeiro, os jogos olímpicos cresceram, ao ponto de se transformarem no maior evento no planeta e o único capaz de reunir mais de duas centenas de países em uma mesma cidade. Nem a ONU consegue agregar tantas nações.


Então, quando bilhões de reais são desviados, furtados, por aqueles que deveriam nos seus cargos, nas suas empresas, nas suas atividades, contribuir e apoiar os sacrificados atletas brasileiros, cai em nossa consciência um inconformismo, para não dizer, uma revolta.


De 7 a 18 de setembro, teremos as Paralimpíadas 2016, um espetáculo mais emocionante ainda, através de seres humanos que superam dificuldades e são exemplos para todo o mundo.



As Paralimpíadas incluem atletas com deficiências físicas de mobilidade, amputações, cegueira ou paralisia cerebral, além de deficientes mentais, cuja falta de apoio é ainda maior. Foram realizadas pela primeira vez em 1960 em Roma, Itália. Têm sua origem em Stoke Mandeville, Inglaterra, onde ocorreram as primeiras competições esportivas para deficientes físicos, como forma de reabilitar militares feridos na Segunda Guerra Mundial. “Há alguns anos, nas olímpiadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência, alinharam-se para a largada da corrida de 100 metros rasos. 


Ao sinal, partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar. Um dos garotos tropeçou no asfalto, caiu e começou a chorar. Os outros ouviram o choro, diminuíram o passo e olharam para trás. Então viraram e voltaram. Todos eles. Uma das meninas com Síndrome de Down ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse: - Pronto, agora vai sarar! E todos os nove competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada. O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos... 


Talvez os atletas fossem deficientes mentais.... Mas com certeza, não eram deficientes espirituais... "Isso porque, lá no fundo, todos nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir os nossos passos..."




CLIQUE NA IMAGEM E ADQUIRA SUA LEMBRANÇA DO MAIOR EVENTO DO LANETA




TFA/PP
Ir Daniel Martina FRC

21 de agosto de 2016

20 DE AGOSTO DIA DO MAÇOM - MAS O QUE É SER MAÇOM ?



“Cada casa tem seu arquiteto; mas o arquiteto de tudo é Deus .“
Bíblia Sagrada, Livro de Hebreus , cap. 3, versículo 4.



O homem sente a necessidade de comemorar os eventos importantes em sua vida, como por exemplo, todos nós festejamos o nosso aniversário natalício, bem como os cristãos comemoram o nascimento de Cristo com o Natal e sua ressurreição com a Páscoa.


Os nossos IIr Maçons não foram diferentes, sentiram a necessidade de comemorar a sua existência, então criaram uma data, que no Brasil comemora-se todos os anos no dia 20 de agosto e nos Estados Unidos da América dia 22 de fevereiro.


O dia 22 de fevereiro, conhecido como dia internacional do Maçom, é uma homenagem ao dia do nascimento do Ir George Washington, personagem principal da independência daquele país. No Brasil escolheram o dia 20 de agosto em face ao papel da maçonaria na independência do Brasil.



Ora, este autor não confundiu as datas, sabemos perfeitamente que a independência do Brasil é comemorada no mundo Prof dia 07 de setembro.


Todavia, existe documento histórico, para ser mais exato, o Bal da Sess Conjunta das LLoj “Comércio e Artes” e “União e Tranquilidade”, ambas do Or Rio de Janeiro, onde o Ir Gonçalves Lêdo proferiu um eloquente discurso em prol da independência do Brasil, sendo aprovado por unanimidade.



A data do Bal que aprovou a independência do Brasil foi o 20° dia do 6° mês maçônico do ano da V L de 5.822, interpretado como 20 de agosto de 1822 da E V. Após aprovado o Bal da referida Sess Extr foi expedido comunicado ao Ir Dom Pedro I e ao Sob Gr M Ir José Bonifácio, que estava ausente por motivo de viagem.



O acontecimento é fato irrefutável, comprovado pelo Bal gravado e assinado por quem de direito, que fizeram parte da história da maçonaria e do Brasil. No entanto, historiadores e maçons contestam a data, pois existe um erro ao traduzir o calendário Equinocial para o Gregoriano.



Sabe-se que o ano no calendário Equinocial começa no dia 21 de março, consequentemente traduz a data da referida Sess para 09 de setembro de 1822 do nosso atual calendário Gregoriano, pois este seria o 20° dia do 6° mês do calendário Equinocial.



Esse equívoco na data histórica não exclui a importância ou obrigação de comemorar o dia do Maç, pois o que comemoramos não é o discurso proferido pelo Ir Gonçalves Lêdo ou seus efeitos, mas, sim, a existência do Maç, neste caso no Brasil.



Aquele ato, que inspirou os nossos antepassados para escolherem a data, foi importante como várias outras ações que inúmeros IIr realizaram e ainda continuam realizando no anonimato ou não, em prol da humanidade e da nação brasileira. Mas, nada disso é possível se não aprendermos os princípios maçônicos que recebemos pelos Rituais e nas IInstr dentro e fora de Loj, ou seja, foi a Luz e a Verdade.



Diante disso, necessário se faz compreender o que é ser maçom, estudar as obras maçônicas e rituais para colocá-los em prática.
Logo, ser maçom é viver na Luz, conhecer e defender a Verdade, os princípios maçônicos e morais, sempre invocando o GADU e em constante defesa da Família, da Pátria e da Humanidade, combatendo os vícios, consequentemente tornando-se virtuoso para honrar a denominação de Maçom.



Apenas para melhor fundamentar o que já está exposto, citamos um trecho do nosso Ritual e Instr de Apr do REAEA do GOMG, p. 12: “(…) a Maçonaria proclama elevar o Homem aos seus próprios olhos e para torná-lo digno de sua missão sobre a Terra (…)”.



Parabéns a todos os IIr, livres e de bons costumes, especialmente os que buscam viver como verdadeiros MMaç, “levantando TT à virtude e cavando masmorras ao vício” para que sejam “Justos e perfeitos"




TFA/PP
Ir Daniel Martina (CIM: 285520)
Fundador do Filhos do Arquiteto Brasil - Clique e Conheça
.